Central de vendas (11) 3977-4545

Seguro Viagem

O seguro viagem é um dos seguros que mais cresce no Brasil, muitas pessoas não sabem para que serve o seguro viagem, porém iremos explicar tudo sobre o seguro viagem, quem sabe de suas utilidades sempre acaba contratando para garantir uma viagem mais tranquila. Veja abaixo todas informações do seguro viagem.

 

Seguro Viagem – O que é?

Seguro Viagem

Seguro Viagem

 

O seguro viagem serve para oferecer suporte ao viajante em caso de imprevistos no embarque, na permanência e no retorno de viagens. Existem seguros viagens de todos os tipos, no Brasil e no exterior e todos adaptados para cada perfil, turistas ou profissionais que viajam a trabalho.

O preço é baixo e vale muito a pena se avaliar bem, o preço irá variar de acordo com o número de dias da viagem e das coberturas contratadas.

Normalmente você planeja uma viagem muito tempo antes, pesquisa todas informações do local, condições climáticas, programações, passeios, hotéis, mapas, dicas de amigos e etc.

Mas mesmo com o máximo cuidado, podem acontecer imprevistos e esses mesmo podem ser reduzidos com o seguro viagem e seus serviços práticos, o custo é relativamente baixo, cerca de 5% do valor de sua viagem.

Nos seguros em geral a participação do seguro viagem é pequena, porém existe um forte crescimento nos últimos anos, principalmente por causa do aumento a viagens ao exterior.

 

Que tipos de cobertura o seguro viagem oferece?

 

 

O seguro viagem tem que oferecer, obrigatoriamente, proteção para riscos de morte acidental e invalidez permanente total ou parcial por acidente. Outras coberturas podem ser incluídas, como despesas médicas, hospitalares, odontológicas, diárias por atraso de voo, perda ou roubo de bagagem e danos a malas, entre muitas outras.

Existem várias opções de coberturas do seguro viagem, tudo depende do perfil do viajante e o destino da sua viagem, seja no Brasil ou no estrangeiro. Há planos para quem viaja sozinho com frequência, por lazer ou a negócios, para a família, e para executivo a trabalho.

O seguro viagem é um produto específico e separado, mas baseia-se em condições estabelecidas para os seguros de vida e de acidentes pessoais. Você pode comprar esse seguro para suas viagens particulares, pelo período que for necessário.

Lembrando que as importâncias garantidas pelo seguro viagem só são pagas em caso desses imprevistos acontecerem com os valores que constam na sua apólice, por exemplo, se você desistir no meio da viagem e voltar para casa sem nenhum motivo de força maior o seguro não irá indenizá-lo.

 

Características do seguro viagem para serviços da empresa

 

Alguns profissionais viajam com frequência pela empresa na qual trabalha, existem planos executivos com múltiplas proteções que podem ser contratadas pelo prazo de um ano, ideal para esses profissionais.

Normalmente a empresa costuma contratar o seguro por meio de uma apólice aberta, com prazo de um ano, para inclusão de todas viagens, lembrando que a seguradora deverá ser informada sobre cada viagem no mês que antecede sua realização, este seguro para empresa e seus executivos e funcionários pode ser para território nacional ou internacional.

Na apólice deste seguro viagem a empresa decide todas as coberturas contratadas, delimitação geográfica, fixação de valores de indenização, além da proteção contra morte e invalidez permanente. Os valores eventuais normalmente são calculados com base em múltiplos salários dos segurados, podendo fixar um mínimo e máximo.

 

Seguro Viagem - Família

Seguro Viagem – Família

 

Tipos de Seguro Viagem que existem no Brasil

 

Existem dois tipos de planos, os individuais e os empresariais, o individual a pessoa pode contratar o seguro viagem e o empresarial quem contrata é a empresa na qual o segurado trabalha.

 

Nas contratações individuais o cliente deverá entrar em contato com um corretor. Algumas agências costumam oferecer planos já incluindo o seguro viagem no pacote, porém esses seguros viagens são muito básico, por isso sempre aconselhamos contratar um seguro direto com um corretor que poderá te explicar todas as coberturas do seguro viagem.

Para empresas é diferente, elas podem contratar um seguro por um prazo determinado para o executivo que irá representa-lá em algum viagem de negócios.

Os seguros se dividem de acordo com o destino da viagem, meio de transporte e a partir desses critérios, existem planos nacionais, internacionais, coporativos, estudantis e marítimos. Além desses existem seguros para quem pratica esportes radicais ou de alto risco, cada modalidade com sua cobertura específica e outras comuns entre eles.

 

Coberturas básicas em todo seguro viagem

 

Todo seguro possui sua cobertura básica, no seguro viagem não é diferente, a sua cobertura básica e obrigatório é para morte acidental e invalidez permanente parcial ou total também por acidente. Após essas coberturas básicas são associadas diversas outras, mas nem sempre todas coberturas extras são necessárias. Por isso antes de contratar um seguro viagem fale com um corretor para escolher um seguro viagem adequado para o seu perfil.

Essas são as coberturas básicas de todos seguros viagens, porém existe um seguro específico para cada tipo de viajante, os aventureiros, os intercambiários entre outros.

Entre todas coberturas adicionais segue abaixo a lista das mais utilizadas:

 

Assistência Médica Hospitalar – Seguro Viagem – Cobertura Adicional

Em caso de acidentes ou doença contraída durante a viagem o seguro viagem pagará ou reembolsará os gastos com saúde. Lembrando que doenças preexistentes não são cobertas e em alguns planos os serviços médicos devem ser previamente autorizados.

 

Fisioterapia – Seguro Viagem – Cobertura Adicional

Tratamento de lesões ocorridas durante a viagem, porém esta recomendação dee ser feita pelo médico que assistiu o segurado.

 

Assistência odontológica – Seguro Viagem – Cobertura Adicional

Restituição de despesas odontológicas causadas por acidente ou doenças durante a viagem, e que exijam em caso de emergência um tratamento nos dentes (naturais permanentes). Próteses só serão pagas se ocorrerem algum tipo de traumatismo provocado por acidente.

 

Despesas farmacêuticas  – Seguro Viagem – Cobertura Adicional

Reembolso de remédios indicados pelo médico que atendeu o segurado, acompanhado de seus devidos comprovantes.

 

Prorrogação de estadia – Seguro Viagem – Cobertura Adicional

Pagamento ou reembolso de diárias de hotel, limitadas a 10 dias, contra apresentação de atestado da equipe médica contratada pela seguradora.

 

Acompanhante em caso de hospitalização prolongada – Seguro Viagem – Cobertura Adicional

Fornecimento de uma passagem aérea de ida e volta, partindo do Brasil, classe econômica, a uma pessoa indicada pelo segurado. Os médicos do serviço de assistência da seguradora precisam atestar a necessidade de internação por mais de 10 dias. A seguradora deve ser comunicada, com antecedência.

 

Hospedagem do Acompanhante – Seguro Viagem – Cobertura Adicional

Pagamento ou reembolso de diárias de hotel, limitadas a 10 dias, quando o segurado tiver que ser removido pelo serviço hospitalar para o hospital no município em que reside e o acompanhante não puder retornar utilizando a passagem aérea que lhe foi destinada. A seguradora precia ser avisada antes.

 

Bagagem – Seguro Viagem – Cobertura Adicional

Indenização no caso de extravio, roubo, furto ou destruição da bagagem, desde que sob a responsabilidade da companhia transportadora. Precisa ser apresentado o relatório que comprova a perda, fornecido pela empresa. O segurado é indenizado pelo peso da bagagem e não pelo conteúdo. A bagagem de mão não possui cobertura.

 

Danos à mala – Seguro Viagem – Cobertura Adicional

Indenização para os danos causados pela companhia transportadora, que deverá fornecer o relatório comprovando o prejuízo.

 

Remoção Médica – Seguro Viagem – Cobertura Adicional

Reembolso ou pagamento das despesas com remoção do segurado para um hospital mais adequado, depois da prestação dos primeiros-socorros, caso ocorra um acidente ou doença que o impeça de prosseguir a viagem.

 

Repatriação Médica – Seguro viagem – Cobertura Adicional

Pagamento das despesas com a repatriação do segurado para um hospital em sua cidade, quando a equipe médica que o atender e os médicos da seguradora recomendarem. A continuidade do tratamento correrá por conta do segurado.

 

Translado do Corpo – Seguro viagem – Cobertura Adicional

No caso de morte, durante a viagem, pagamento do translado até o local de sepultamento e fornecimento da urna fenerária. O serviço inclui o processo burocrático para liberação do corpo, passagem aérea e embalsamento.

 

Cancelamento de Viagem – Seguro viagem – Cobertura Adicional

Reembolso da perda de depósito, caso o segurado seja impedido de iniciar a viagem, devido á doença, acidente ou morte de parentes próximos ou dependentes. A seguradora deverá ser informada 48 horas, no máximo após o ocorrido.

 

Interrupção de Viagem – Seguro viagem – Cobertura Adicional

Reembolso da perda de depósitos, no caso de o segurado ficar impedido de concluir a viagem, por motivo de doença, acidente ou morte de familiares.

 

Retorno Antecipado – Seguro viagem – Cobertura Adicional

Fornecimento de uma passagem aérea, classe econômica, para a cidade onde reside o segurado, se ele ficar impossibilitado de continuar a viagem.

 

Retorno de menores – Seguro viagem – Cobertura Adicional

Fornecimento de uma passagem aérea, de ida e volta, classe econômica, para o adulto que vai acompanhar a volta para casa de crianças e adolescentes menores de 14 anos de idade, durante a viagem. A seguradora tem que ser avisada previamente.

 

Atraso de Voo – Seguro viagem – Cobertura Adicional

Reembolso das despesas de hospedagem e alimentação, caso o voo atrase mais de 18h, por causa de falta de condições de pouso e decolagem, greve dos aeroviários ou operadores de voo e pane no avião. Pelos mesmos motivos, o seguro cobre a perda de conexão.

 

Assistência jurídica – Seguro viagem – Cobertura Adicional

Pagamento ou reembolso de honorários de advogado, caso o segurado sofra acidente que necessite de assistência jurídica.

 

Localização de bagagem – Seguro viagem – Cobertura Adicional

A seguradora se encarrega de localizar a bagagem e restituí-la ao segurado.

 

Transmissão de mensagem – Seguro viagem – Cobertura Adicional

No caso de urgência, por motivo de acidente ou doença durante a viagem, o segurado pode recorrer à seguradora para enviar mensagens urgentes à pessoa que indicar.

 

Perda de documentos – Seguro viagem – Cobertura Adicional

Reembolso das despesas para tirar segunda via de documentos e cartões de crédito ou débito.

 

Fianças e despesas legais – Seguro viagem – Cobertura Adicional

Pagamento ou reembolso das despesas com fianças, devido à ordem de prisão ou detenção indevida.

 

As diferenças do seguro viagem para o Brasil e para o Exterior

 

 

Para viagens no território nacional, o seguro pode ser contratado desque a distância mínima seja de 100 quilômetros entre o município onde você mora até o destino final e o prêmio é pago em reais.

O seguro para viagens internacionais costuma ser calculado em dólares, mas algumas seguradoras, inclusive de grande porte, faturam em real.

Empresas podem contratar para seus executivos que viajam frequentemente, seguros com garantia de indenização de valores mais altos, como de US$ 100 mil a US$ 1 milhão para despesas médico-hospitalares de emergência, a um custo em torno de R$ 600, 00, por ano, podendo chegar a US$ 443,00, com 90 dias de utilização. Em geral, o limite de idade para executivos é de 65 anos.

 

Quanto custa um seguro viagem?

 

O seguro viagem é relativamente barato, o preço depende das coberturas contratadas e quantos dias a viagem irá durar e o valor da indenização que o segurado escolher.

Normalmente para viagens internacionais o custo varia entre R$9,00 e R$25,00 por dia. Já para viagens nacionais fica de R$2,00 a R$4,00 por dia e o prêmio é pago em uma única parcela na maioria das contratações.

Os seguros para estudantes e executivos que irão passar um ou mais anos no exterior, podem ser pagos em parcelas.

 

Dicas para contratar o seu seguro viagem

 

Todo segurado tem que ficar atento em todas as condições do seguro, como o limite de gastos e o número de atendimentos que foram calculados de acordo com o prêmio pago. Fique mais atento ainda quando contratar o seguro direto de alguma agência de viagem, procure sempre saber em qual seguradora sua apólice será emitida e quais são as coberturas e respectivas importâncias seguradas.

Compare os benefícios de cada seguradora antes de contratar seu seguro viagem.

Em viagens ao exterior, busque uma seguradora com uma central de atendimento em português.

Antes de contratar o seguro viagem fora do país, verifique se o atendimento é extensivo ao exterior, caso não seja, informe-se e amplie a cobertura adicional.

No caso de você ter um seguro de vida ou de acidentes pessoais, reveja suas apólices para conferir quais coberturas foram contratadas e qual a abrangência territorial que garantem.

Atenção: alguns países, como Estados Unidos, Austrália, todos da União Européia e outros exigem, no desembarque, a apresentação de comprovante de um seguro viagem com coberturas mínimas. Procure se informar na sua agência de viagens a respeito para comprar um produto que atenda as leis do país de destino.

A partir de qual momento meu seguro viagem fica válido?

 

A duração das garantias da apólice é limitada ao período compreendido entre a data inicial da vigem, isto é, do primeiro embarque até a data do último desembarque.

Lembrando que mesmo que o seguo tem data definida na contratação, se você ultrapassar o tempo de duração do contrato, o seguro fica inválido, mesmo você seguindo viagem.

Na hipótese de ter ocorrido um acidente e ser necessária a continuidade de tratamento médico quando o segurado retorna à sua casa, a responsabilidade do seguro viagem cessa. Nesse caso, não será possível prorrogar a vigência do seguro nem a contratação de uma nova apólice.

Quem pode contratar o seguro viagem?

 

O seguro viagem pode ser contratado por qualquer pessoa, algumas seguradoras possuem restrições com pessoas de 65 a 70 anos, porém existe algumas seguradoras especializadas para atender essa faixa etária.

 

Riscos excluídos do seguro viagem (não tem cobertura)

 

Veja abaixo com atenção o contrato para o conhecimento de todos riscos excluídos, esses riscos não tem cobertura e nem indenização.

 

– qualquer serviço que for solicitado diretamente pelo segurado, sempre precisa da autorização da seguradora, a não ser em caso de gravidade e todos serviços precisam ser comprovados;

– Doenças preexistentes em geral, em alguns casos as seguradoras liberam o atendimento porém limitam o valor do reembolso;

– tratamentos odontológicos, próteses e fisioterápicos que não sejam prescritos por profissionais, devido a lesões durante a viagem;

– não paga indenização por morte, invalidez ou extravio de bagagem em caso de acidente marítimo, rodoviário e aéreo;

– depesas extras em hospitais, como por exemplo comida para acompanhante e etc, nada que não esteja inclusa no custo da diária;

– danos parciais ou totais, violação e extravio de objetos contidos na bagagem;

– o seguro viagem não oferece cobertura para bens pessoais ou valor estimado como cartões de crédito, cheques de viagem, dinheiro, jóias, obras de arte, documentos entre outros;

– seguro viagem empresarial em viagem de lazer;

– seguro viagem de lazer em viagem de trabalho;

– Despesas médicas e hospitalares em caso do segurado se acidentar em alguma atividade de alto risco, sem habilitação para o mesmo;

– tratamento de doenças, epidêmicas, pandêmicas ou endêmicas;

– cirurgias estéticas;

– tratamentos médicos e odontológicos de rotina;

– despesas com farmácia sem prescrição médica, devido a um acidente;

– desobediência do segurado as instruções da central da seguradora;

– continuidade após viagem dos tratamentos médico e hospitalares;

– tratamentos psiquiátricos;

– atos de rebelião, tomultos e guerra;

– uso e manuseio de material nuclear ou acidentes nucleares e semelhantes;

– sinistros causados por fenômenos da natureza, como por exemplo, terremotos, erupções, ciclones, inundações, furacões, maremotos entre outros;

– lesão e morte causada por atividade ilegal ou por má-fé do segurado;

– doenças ou acidentes causadas por consumo de álcool ou drogas;

– prejuízos ou danos causados por imprudência, imperícia, negligência e irresponsabilidade do segurado ao dirigir um veículo;

 

Durante a viagem como procurar atendimento do seguro viagem?

 

Se precisar da utilização do seguro viagem é só entrar em contato com a central de atendimento das seguradoras, cada uma delas tem uma central específica para te atender. Leve sempre o número anotado para não ficar na mão.

Algumas seguradoras até aceitam ligação a cobrar em caso de emergência, lembrando que todos serviços precisam ser comunicados para você ter direito ao pagamento ou ao reembolso das despesas.

Tente ser o mais claro possível nas informações e sobre a ajuda que você precisa, fale o seu nome, número do certificado ou da apólice do seguro, data da viagem, cidade e país (se for o caso) em que se encontra.

Informe o hospital ou médico que preencha os dados do documento do seguro e assinado, esse formulário é fornecido pela seguradora;

Sempre guarde o comprovante das despesas para solicitar o reembolso.

 

Em quanto tempo a seguradora reembolsa o valor gasto

 

Para os seguros contratados em seguradora sediada no Brasil o prazo máximo para o reembolso é de 30 dias, depois que você apresentar toda a documentação prevista na sua apólice.

Além dos comprovantes de pagamento do prêmio, os documentos que podem ser pedidos vão variar de acordo com as coberturas contratadas.

Na hipótese de acidente ou doença que tenha provocado morte ou invalidez do segurado, pode ser solicitada documentação adicional, desde que a seguradora justifique a sua necessidade. Se isso acontecer, novo prazo de 30 dias será contado a partir da entrega dos documentos complementares.

É importante destacar que quando o seguro for contratado por agência de viagem, cartões de crédito ou outro meio, as condições do seguro estabelecem os prazos para o pagamento das indenizações e os documentos exigidos.



Quais são os documentos solicitados para indenização ou reembolso?

 

Recomendamos aos clientes que tirem cópias dos documentos pessoais pois para os pedidos de indenização precisam ser encaminhadas cópias autenticadas dos documentos, à exceção do comprovante de residência que deve ser o original.

Além dos documentos toda seguradora possui um formulário que deve ser preenchido pelo cliente para ser encaminhado para seguradora.

As fichas e documentos variam de acordo com a cobertura contratada, veja abaixo os documentos solicitados em cada situação.

 

Atraso de voo

 

– Cópia da passagem ou cartão de embarque;

– Declaração da companhia aérea confirmando o atraso;

– Comprovante original de espesas extras como alimentação e hospedagem;

 

Extravio, roubo, furto, destruição da bagagem ou danos à mala

 

– Tíquete original da bagagem;

– Aviso de sinistro, com data, período de viagem e relatando o que ocorreu;

– Relatório da empresa responsável que comprove a perda ou dano da bagagem, em caso de perda informe o peso da bagagem;

– Termo de quitação da indenização paga pela empresa do transporte ou a declaração de não ressarcimento;

– Boletim de ocorrência policial, em caso de roubo ou furto;

 

Atraso na liberação da bagagem

 

– ficha da empresa responsável que comprove a perda;

– tíquete original da bagagem;

– notas fiscais originais relativas a gastos com compra de produto de higiene pessoal e roupas;



Despesas com farmácia

 

– receita médica, com a prescrição dos medicamentos;

– notas ficais originais da compra dos remédios;

 

Cancelamento ou interrupção de viagem

 

– Atestado de óbito ou laudo médico, no caso de falecimento de parentes de primeiro grau;

– Comprovante de acidentes ocorridos com propriedades do segurado;

– Cópia da passagem, quando for usado outro meio de transporte;

– Contrato de prestação de serviço da agência de turismo ou organizadores que devem prever as multas no caso de cancelamento;

– Na hipótese de o cancelamento ou interrupção da viagem ter sido causada por acompanhante de viagem do segurado, deverão ser apresentados documentos que atestam que a pessoa, de fato, viajava nessa condição.



Assistência Jurídica

 

– Cópia dos documentos de defesa ou audiências em que houver a participação do advogado contratado;

– Recibo originais dos gastos com advogado e com o documento que o permite exercer a profissão;

– Cópia da ocorrência emitida pela polícia da cidade dizendo o que aconteceu;

 



Fianças e despesas legais

 

– Cópia da ocorrência emitida pela autoridade local, comprovando detenção ou presão;

– Comprovantes originais do pagamento de fiança ou de custos processuais;

 

Despesas médico-hospitalar, odontológica e de repatriação e remoção médica

 

– Recibo do pagamento original;

– Carta do segurado, relatando o que aconteceu, acompanhada dos dados da apólice;

– Laudo médico confirmando o atendimento;

 

Morte acidental

 

– Certidão de óbito;

– RG, CPF e comprovante de residência;

– Certidão de nascimento, comprovante de residência e cpf dos filhos (se tiver);

– Laudo do IML;

– Laudo do exame toxicológico e de dosagem alcoólica;

– Se tiver, boletim de ocorrência;

– Certidão de casamento ou nascimento do segurado, e se for o caso, averbação do desquite, divórcio ou separação com data atual;

– Em caso de homicídio, suicídio ou tentativa, inquérito policial;

– Carteira de habilitação em caso de acidente de carro se o segurado fosse o motorista;

– Apólice do seguro;

– Aviso de sinistro fornecido pela seguradora, preenchido, sem rasuras, com assinatura, carimbo e CRM do médico;

 

Invalidez permanente total ou parcial por acidente

 

– Aviso do sinistro assinado pelo médico;

– Declaração do primeiro atendimento hospitalar;

– Apólice do seguro;

– Declaração do médico que atendeu o segurado, informando a data inicial da doença, alta definitiva, tratamento usado e grau de invalidez com firma reconhecida;

– Certidão de casamento;

– Se tiver laudo do IML;

– Laudos médicos comprovando a invalidez permanente;

– Laudo de dosagem alcoólica ou toxicológico, se for realizado;

– Carteira de habilitação caso o segurado fosse o motorista;

– RG, CPF e comprovante de residência;